Bazar de Conhecimentos, quais são as habilidades da sua equipe?

A realização da prática Bazar de Conhecimentos pode fortalecer na sua equipe a conscientização sobre suas habilidades combinadas, e também sobre as áreas em que os membros da equipe podem se apoiar e ensinar uns aos outros.

Entender quais são as habilidades e conhecimentos de seus integrantes é muito importante para que uma equipe consiga utilizar todo o seu potencial.

Além disso, em muitas vezes, integrantes da equipe possuem habilidades que não são conhecidas e que poderiam ser úteis, seja para realizar algum trabalho ou para auxiliar outros colegas que gostariam de obter aquele conhecimento.

A prática possui um aspecto de apreciação sobre os talentos da equipe, o reconhecimento de habilidades é uma maneira de conhecer melhor os colegas de trabalho.

Eu sugiro a utilização do Bazar de Conhecimentos em várias situações, mas com certeza ela é especialmente útil na fase de formação de equipes ou quando for necessário iniciar um novo projeto.

O objetivo é ajudar os membros da equipe a entenderem os conhecimentos, habilidades e ambições de cada um.

Espero que tenha se interessado em conhecer, vamos lá!

Minha sugestão de utilização

Vou descrever a prática Bazar de Conhecimentos da forma como eu a utilizo, porém pode ficar a vontade para adequá-la ao seu contexto e realidade, caso seja necessário.

Eu faço da seguinte forma.

Entendendo o Bazar de Conhecimentos

Eu sugiro que alguém participe da dinâmica apenas como facilitador, para auxiliar e instruir a equipe na realização da prática.

O facilitador deve explicar para a equipe o contexto colaborativo e objetivos da prática, explicando ao time que eles vão participar de um bazar muito especial.

Neste bazar, cada membro da equipe deve apresentar as habilidades e conhecimentos que possui e que podem contribuir para a equipe, também deve apresentar as habilidades que ele deseja desenvolver com o tempo, e quais ele precisa de ajuda e orientação.

Eu acho bastante importante que a equipe entenda que se trata de uma prática de valorização dos seus conhecimentos, ela não deve ser tratada como uma competição entre seus integrantes e muito menos para fazer com que algum membro da equipe se sinta mal sobre seus conhecimentos e habilidades.

Normalmente as pessoas possuem um pouco de dificuldade para elencar seus conhecimentos, muitas não estão acostumadas a fazer isso.

Se possível o facilitador deve ajudar dando exemplos que facilitem no entendimento dos objetivos da prática Bazar de Conhecimentos.

Construindo o Bazar de Conhecimentos

Bazar de Conhecimentos
Exemplo que criei para o meu bazar

Durante a primeira parte deste exercício, o facilitador deve pedir para que cada integrante da equipe faça um desenho que irá representar seu próprio estande, esse será o local onde estarão disponíveis seus talentos e interesses que serão comercializados no bazar.

Como em qualquer prática como essa, considero a facilitação um elemento chave, pedir comprometimento, engajamento e respeito com o cronograma é essencial.

É necessário que o facilitador se certifique de preparar o espaço e os suprimentos necessários. A diversidade de material irá possibilitar que as pessoas se expressem da maneira que for mais confortável para elas.

Serão necessários um quadro ou flip-chart, post-its e canetas coloridas, para que as pessoas desenhem seus próprios estandes. Eu gosto dessa abordagem pois ela possibilita que as pessoas demonstrem suas personalidades.

É importante que cada estande do Bazar de Conhecimentos contenha três espaços:

  • Topo do balcão: As competências, conhecimentos e habilidades que a pessoa possui e sabe que são relevantes para os objetivos da equipe;
  • Embaixo do balcão: As competências, conhecimentos e habilidades que a pessoa possui e que podem não ser relevantes para os objetivos da equipe, mas que ainda assim valem a pena ser mencionadas. É onde devem ser mencionadas quaisquer habilidades “ocultas”, como por exemplo, habilidades que foram utilizadas em papéis ou carreiras anteriores, ou talvez em tempo livre como um hobby. Dependendo da equipe e do objetivo da realização da prática, pode ser possível deixar em aberto a inclusão de conhecimentos pessoais não relacionados ao trabalho da equipe;
  • Ao lado do balcão: As competências, conhecimentos e habilidades que a pessoa deseja desenvolver ou melhorar, dessa forma será possível encontrar alguém que possa ajudar a fazer isso durante o projeto.

Minha sugestão é que o facilitador defina um tempo para que essa atividade seja realizada.

Apresentando o Bazar de Conhecimentos

Bazar de Conhecimentos
Exemplo do Bazar de Conhecimentos preenchido

Caso a equipe tenha utilizado papel para desenhar os estandes, eles devem ser adesivados na parede, dessa forma o Bazar de Conhecimentos estará aberto para “negócios”.

Agora que todos possuem o seu estande pronto, o facilitador deve solicitar que cada um faça uma pequena apresentação dos seus “produtos”, e também demonstre suas intenções de aprendizado.

Durante a apresentação, os demais integrantes da equipe devem utilizar os post-its coloridos para ir fazendo anotações.

Deve ser utilizada uma cor de post-it para cada situação:

  • Verde: As competências, conhecimentos e habilidades onde você está empolgado por essa pessoa oferecer. Para demonstrar gratidão pelo fato do colega ter a chance de contribuir com alguma importante habilidade. E também para qualquer outro tipo de observação positiva sobre os “produtos” que a pessoa está trazendo para a equipe;
  • Vermelho: As competências, conhecimentos e habilidades que você sabe que seu colega possui, devido a alguma experiência anterior, porém ele não mencionou.
  • Amarelo: Como você pode ajudar o colega a melhorar em alguma das competências, conhecimentos ou habilidades que ele gostaria de aprender.

Feedback sobre o Bazar de Conhecimentos

Após todos terem realizado sua apresentação, o facilitador deve pedir para que individualmente, os integrantes da equipe forneçam seu feedback, adicionando os post-its coloridos nos estandes dos colegas e explicando o motivo.

Bazar de Conhecimentos
Exemplo de como o Bazar de Conhecimentos pode ficar após o feedback.

Quando todos na equipe tiverem apresentado seu estande e coletado feedback, o facilitador deve pedir para que a equipe olhe para todos os estandes e reflita sobre algumas questões importantes.

Não existe nenhuma pergunta padrão, minha sugestão é que o próprio facilitador entenda o contexto da equipe e os motivos por trás da realização do Bazar de Conhecimentos.

Alguns exemplos podem ser perguntas poderosas, como por exemplo:

  • Quando olhamos para o bazar contendo todas as informações e feedbacks, o que vocês aprenderam como um time?
  • Qual é a percepção sobre o que vocês podem alcançar como um time agora?
  • Como todas essas informações podem ser utilizadas no dia dia de trabalho da equipe?

O facilitador então pode deixar a equipe refletir e conversar por um tempo, e encerrar a dinâmica.

Finalizando

A prática Bazar de Conhecimentos realmente cria uma ótima sinergia entre os integrantes da equipe, pois eles acabam refletindo sobre os seus talentos e são reconhecidos e apreciados pelos colegas.

A prática ajuda a equipe a ter uma visão muito mais ampla das suas habilidades e conhecimentos, e também onde as pessoas gostariam de melhorar. Muitas vezes até mesmo algum talento escondido pode ser revelado.

O resultado do Bazar de Conhecimentos pode inclusive ser utilizado posteriormente ​​como base para a construção de um mapa de habilidades de todo o time.

Espero que você tenha gostado e se interessado em utilizar o Bazar de Conhecimentos com sua equipe.

Deixe-me saber sobre suas histórias nos comentários.

Um grande abraço e até a próxima!

Related Articles

Responses

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Está gostando desse conteúdo? Temos uma dica para você!

Faça uma análise gratuita do seu engajamento e da cultura da sua equipe de trabalho!

Faça um tour pela Amo Onde Trabalho totalmente de graça, conheça como a plataforma funciona e quais os benefícios que ela pode trazer para a sua equipe de trabalho!

Conheça, não custa nada :)

× Fale com a gente!